domingo, 5 de janeiro de 2014

Recupere uma imagem ISO corrompida durante o download

Algumas vezes, ao calcularmos o hash MD5 de uma imagem ISO que acaba de ser baixada, percebemos que o resultado não corresponde ao informado no site da distribuição Linux. Nesses casos, a solução mais comum é baixar a imagem totalmente de novo, o que é muito desagradável para quem tem uma conexão de Internet lenta ou que cobra por dados. Compartilho aqui uma ótima solução para esse problema.

Primeiramente, se você não sabe como verificar o hash MD5 de uma imagem ISO (ou de qualquer arquivo), este é o comando:

md5sum <nome-do-arquivo>

Por exemplo:

md5sum linuxmint-16-cinnamon-dvd-64bit.iso

O resultado deverá ser algo como:

21190d6baacbe106f145ca1ae44a0d88  linuxmint-16-cinnamon-dvd-64bit.iso

Em seguida, se ainda não fez, vá até o site da distribuição e procure na página de downloads pelo MD5 correto. No caso do Linux Mint, o hash está no topo da própria página de download. Compare os dois valores. Se não forem iguais, o arquivo baixado está corrompido.

Para resolver isso, faça o seguinte:

  • Baixe o arquivo torrent correspondente à imagem que você baixou.
  • Coloque a imagem corrompida no local onde o programa para torrents (Transmission, por exemplo) baixará a imagem. No Transmission, esse local será /home/<usuário>/Downloads, provavelmente.
  • Abra o cliente torrent e selecione o .torrent baixado.
  • O cliente deverá baixar agora os dados que faltam.
  • Quando ele terminar, verifique novamente o MD5 da imagem baixada.

Aqui, os valores ficaram idênticos, isto é, o cliente torrent corrigiu a imagem, evitando um download de 1,25GB.

Fonte: Net Gator.

Nenhum comentário:
Postar um comentário

Sua opinião é bem-vinda!