sexta-feira, 26 de abril de 2013

5 razões para você trocar o seu HD por um SSD

Os dispositivos de estado sólido (SSDs, do inglês "solid state drive") estão se tornando mais e mais populares atualmente. As razões para isso são o desempenho muito superior ao dos discos rígidos (HDs), menor ruído produzido, menor peso, entre outras características que fazem do SSD a melhor escolha para quem quer e pode adquirir um computador com o que há de mais avançado em termos de tecnologia. Confira 5 razões imperdíveis para você também escolher o SSD e deixar o seu antigo HD em segundo plano.

SSD OCZ Vertex 4
SSD OCZ Vertez 4: um dos mais avançados tecnologicamente.

1. Desempenho superior

Se você ainda usa um HD como disco principal do seu computador ou laptop, deve estar acostumado a ligar o computador e em seguida ir tomar um café ou assistir ao seu programa de TV favorito (ou não) enquanto o sistema operacional é carregado e os programas ficam prontos para uso. Em geral, esse processo leva no mínimo 1 minuto. Aproveitando que falamos sobre TV, quanto tempo a sua TV demora para estar pronta depois que você aperta o botão "Ligar"? Segundos, provavelmente vai ser a resposta. Por que, então, seria aceitável aguardar mais de um minuto pelo PC?

Com a utilização dos SSDs, o tempo de inicialização de um computador é reduzido drasticamente para 15 segundos ou menos em condições normais. Os programas se abrem em frações de segundos. Salvar ou abrir um documento grande é muito mais rápido e fácil.

2. Menor ruído

O nível de ruído é e sempre foi um dos grandes problemas dos PCs. Todas aquelas ventoinhas e discos girando a grandes velocidades produzem muito ruído, que para muitas pessoas é inaceitável. Pelo fato de não terem nenhuma parte móvel, os SSDs são muito mais silenciosos que os discos rígidos convencionais. Na verdade, são totalmente silenciosos para o ouvido humano.

3. Maior segurança para os seus dados

Discos rígidos têm uma grande desvantagem: qualquer choque pode causar danos muitas vezes irreversíveis aos discos. Isso se deve também às partes móveis que os compõem. Os SSDs, por sua vez, são muito mais resistentes a qualquer tipo de choque físico. Resultado: seus dados estarão mais seguros em um SSD do que em um HD.

Apesar disso, ainda muito receio quanto à durabilidade dos dispositivos de estado sólido, talvez porque os primeiros dispositivos realmente tivessem tecnologia menos aprimorada e fossem mais frágeis do que são hoje. Com o avanço tecnológico, os SSDs estão se tornando muito mais duráveis.

4. Menor peso

Para quem considera o peso uma característica importante na hora de adquirir um notebook, por exemplo, alguns poucos gramas a menos fazem muita diferença. Os SSDs são feitos de material mais leve do que os HDs, que são envolvidos por partes metálicas resistentes. Até os HDs de 2,5 polegadas são mais pesados que os SSDs de mesmo formato.

É conveniente lembrar que os SSDs não são tão limitados a formatos, como o são os HDs. Atualmente, a maioria dos SSDs são vendidos no formato de 2,5 polegadas, por conveniência, mas no futuro dispositivos menores serão cada vez mais comuns. A Samsung, a propósito, possui uma linha de SSDs ultrafinos, com apenas 7 mm de espessura.

5. Preços em queda

Os valores cobrados pelos SSDs ainda são altos, mas estão diminuindo continuamente. Hoje, já é possível encontrar SSDs de 128 GB na faixa entre 300 e 400 reais, o que pode ser considerado um bom custo-benefício. Logicamente, os HDs ainda são muito mais baratos, embora os preços ainda não tenham retornado ao patamar de antes da crise de 2011.

Conclusão

Considerando as vantagens dos SSDs sobre os HDs, por que não aderir a esse avanço tecnológico tão vantajoso? A maior razão para isso ainda é, sem dúvida, o preço a pagar. Em muitos casos, está realmente além do orçamento, e os benefícios alcançados podem não compensar.

O espaço disponível em um SSD com preço mais acessível pode simplesmente não suprir as suas necessidades de armazenamento. Nesse caso, considere adquirir um HD externo; ou melhor, transforme o seu antigo HD em um HD portátil adquirindo uma gaveta apropriada.

Se você instalar o SSD num PC (existem adaptadores baratos para isso), pode usar o HD para os seus arquivos pessoais e instalar o sistema operacional no SSD. Assim, você terá o desempenho do SSD para iniciar o sistema e executar os programas, e a profusão de espaço do HD convencional.

Você já tem um SSD? Deixe um comentário sobre as suas experiências. Se ainda não tem, comente sobre as suas dúvidas sobre essa tecnologia.

2 comentários:
  1. Os SSDs ainda estão escandalosamente caros, enquanto os HDDs tem seus preços despencando. ainda vai durar alguns anos até que realmente valha a pena a substituição total dos tipos. Os SSDs precisam não apenas baratear, mas baratear ao mesmo tempo que ganharem capacidade. Um SSD de 250GB, que é pequeno para os padrões atuais, está na verdade custando acima de 600 Reais, enquanto que um HDD de 1 Tera sai por menos de 200 Reais.

    Ainda é difícil falar em substituição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário, Felipe!
      Concordo que os SSDs continuam muito caros para a capacidade que oferecem, especialmente para quem tem uma grande necessidade de espaço. No meu caso, um SSD de 120 GB está servindo bem para uma instalação de Linux mais arquivos pessoais, e ainda tenho duas partições (de tamanho maior) reservadas para instalar o Windows. Mas sinto falta de espaço para máquinas virtuais, por exemplo.

      Excluir

Sua opinião é bem-vinda!